Água Potável – Ranking dos 10 países com a maior quantidade

Água Potável | Que o planeta Terra é abundante em água, e que ela é essencial para a existência humana, todos sabem. Mas também temos conhecimento de que é preciso cuidar e usufruir desse recurso com consciência e respeito. Até onde sabemos, 71% da superfície da Terra é composta por água e, apesar de parecer muito, aproximadamente 97,4% dela é salgada e encontram-se nos oceanos.

O consumo mundial de água multiplicou por sete vezes no século XX, que é mais que o dobro da taxa de crescimento da população. Em alguns países da África e o Oriente Médio, a água já está escassa e por isto há racionamento.

Alguns países possuem grande parte da água potável do mundo, tendo uma quantidade enorme em seu território. Você sabe qual é o top 10 dessa lista? Talvez você se surpreenda com o n° 1! Confira:

10°) Myanmar – 1,003 bilhões de metros cúbicos

Em 1962, o país possuía 44,684 de recurso de água doce per capita, e hoje tem em torno de 18,770m³. Grande parte do uso da água potável no país é voltado para agricultura.

9°) Índia – 1,446 bilhões de metros cúbicos

Outro país onde o número per capita diminui drasticamente em anos, e boa parte da água é usada na agricultura. No país, é possível encontrar várias bombas de água distribuídas para o uso, principalmente de pessoas que vivem nas ruas e usam essa para beber e tomar banho. Porém, o país passa por um sério racionamento, e o governo estima que 330 milhões de pessoas – mais de um quarto da população do país – já foram afetadas.

8°) Peru – 1,641 bilhões de metros cúbicos

Estima-se que 98% da água potável do país encontra-se na região amazônica, enquanto apenas 1,8% está na parte onde é habitado por mais de 15 milhões de pessoas. Hoje em dia, o número per capita de água doce no país está em torno de 52,981m³, em torno de cem mil a menos que em 58 anos atrás.

7°) Indonésia – 2,019 bilhões de metros cúbicos

Em 2000, a Indonésia tinha uma retirada de água de 113 km³ com 82% sendo usado para agricultura, e 12% para municípios. O país agora tem 7,935 m³ de água doce per capita comparado com 21,813 em 1962.

6°) Colômbia – 2,145 bilhões de metros cúbicos

A Colômbia possui 49% das planícies com mananciais do mundo. Nas montanhas do país, existe um ecossistema com vegetação rasteira e plantas que protegem o solo de ambientes extremos. As plantas típicas dessa região têm suas folhas distribuídas de forma helicoidal (como uma hélice) e, de acordo com biólogos, elas precisam ser preservadas para a manutenção dos mananciais hídricos. Além disso, o governo reconhecendo a importância da gestão desse recurso, criou diversas leis e instituições para regular o uso da água.

5°) China – 2,813 bilhões de metros cúbicos

Com o rápido crescimento da população, o uso irracional e a poluição vem afetando cada vez mais a água potável do país. Mais de 80% dos poços artesianos e poços mais rasos testados estavam altamente contaminados por escoamento industrial e agrícola, tornando a água imprópria para o consumo humano. O governo reconhece que os poços e reservas de água subterrâneas correm sérios riscos devido ao uso excessivo e irregular, e grande contaminação por parte da indústria e agricultura.

4°) Estados Unidos – 2,818 bilhões de metros cúbicos

Já há algum tempo, o país sofre com uma “silenciosa crise hídrica”, em boa parte devido às antigas linhas de abastecimento do país, onde em algumas cidades elas foram instaladas entre 1901 e 1920. O encanamento é feito de chumbo, e contribui para a contaminação da água potável, com graves riscos à saúde. Contaminações bacterianas também ameaçam, devido aos vazamentos nos encanamentos, onde alguns são desde a época da Guerra Civil (1861-1865). Além disso, o país é o maior consumidor per capita de água potável do mundo

3°) Canadá – 2,850 bilhões de metros cúbicos

O Canadá é o segundo maior produtor de energia elétrica do mundo, principalmente a hidráulica. O país possui 20% da água doce do planeta e 9% da água potável, e tem apenas 1% da população mundial. Existem mais de 10 mil barragens no país, onde cerca de 600 delas são para a produção de energia elétrica. No país, várias leis federais, provinciais e municipais regulam o uso da água doce. Lá, se consome tranquilamente água diretamente da torneira, sem risco para a saúde.

2°) Rússia – 4,312 bilhões de metros cúbicos

Estima-se que 19% da água potável consumida no país não segue as normas sanitárias, sendo também causado pelo estado depreciável da infraestrutura dos encanamentos e das instalações para o processamento de purificação das águas. Considera-se que o país está atrasado em relações a muitos outros no consumo das águas subterrâneas através dos poços artesianos. Apenas 32% da água potável da Rússia provém de poços.

1°) Brasil – 5,661 bilhões de metros cúbicos

O Brasil é a maior reserva hidrológica do planeta e a divisão da água doce encontra-se da seguinte forma: 70% na região norte, 15% na região centro-oeste, 6% no sudeste, 6% no sul e 3% no nordeste. Embora haja em tese 34 milhões de litros de água para cada habitante no Brasil, o sistema de saneamento básico e o tratamento de esgoto, por exemplo, torna parte da água imprópria para o consumo humano.

Gostou?? Siga a Aguaboa nas redes Sociais (@aguaboaoficial) e saiba tudo sobre curiosidades, esportes, lazer e principalmente, hidratação.

Comentários