eHealth

O que é o eHealth? (cibermedicina)

Após a internet ter avançado muito nos últimos anos, a área da saúde buscou se aproveitar deste recurso da melhor maneira possível, e assim surgiu o eHealth.

As inovações aconteceram em diversos segmentos, e foram tantas!

Que foi necessário criar um tema específico para que fosse possível agrupá-las: termo este conhecido como eHealth “Saúde Digital”.

Se trata de um conceito amplo muito utilizado no mundo, para se referir às soluções digitais que ajudam a melhorar a qualidade de vida das pessoas.

Dentro deste conceito, é possível encontrar diversas modificações simples e complexas.

Que tem como objetivo otimizar a saúde dos seres humanos, através da internet.

Por se tratar de um tema que não é muito conhecido no meio popular.

Resolvi trazer aqui neste artigo!

Algumas dicas a respeito do conceito de eHealth e como ele vem sendo aplicado no mercado atualmente.

Vamos conhecê-lo?

eHealth mundo afora!

De acordo com informações oficiais, o conceito de “Saúde Digital” tem sido prioridade para a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Para este comitê de profissionais, o conceito deve englobar o uso seguro de tecnologias de comunicação e de informação em apoio à saúde.

Incluindo serviços de: vigilância, leitura, educação, conhecimento e pesquisa para seus 109 países membros.

A unidade da OMS para a “Saúde Digital” trabalha com parceiros mundiais.

Regionais e nacionais para promover e fortalecer o uso da tecnologia da informação e das ferramentas inovadoras para o desenvolvimento da saúde humana.

A atuação vai desde aplicações práticas para o dia-a-dia das pessoas, até ao nível de políticas públicas.

Alguns dados da OMS para a eHealth:

  • 58% dos países-membros tem uma estratégia de saúde digital;
  • 55% dos países têm legislação para proteger os dados eletrônicos dos pacientes que se encontram em tratamento;
  • 87% dos países relatam ter uma ou mais iniciativas nacionais para o conceito de saúde digital;
  • 75% dos países têm instituições que oferecem tratamento, pré-serviço ou formação contínuas em tecnologias de comunicação e de informação de saúde, para profissionais que atuam na área da medicina.

Alguns países já contam inclusive com portais governamentais.

Para que seja possível tornar público o acesso a informações a respeito da “Saúde Digital” para toda população.

Ou seja, em alguns desses países é possível encontrar sites governamentais que oferecem conteúdo de qualidade.

Para que o paciente tenha condições de fazer uma pesquisa adequada acerca da sua doença.

eHealth no Brasil

Infelizmente, o Brasil ainda se encontra em um processo inicial na escala do uso de tecnologias para otimizar a saúde das pessoas.

Boa parte da dificuldade em implementar um processo de saúde digital, se dá por conta das barreiras que existem na legislação brasileira.

Contudo, já existe uma mudança de atitude, especialmente porque estas ferramentas digitais são essenciais para reduzir os custos da Saúde Nacional.

De acordo com o estudo que foi divulgado pela empresa de tecnologia Cisco.

76% dos usuários do Sistema Brasileiro de Saúde afirmam estar abertos ao atendimento médico virtual.

Essas foram as dicas que eu tinha para você a respeito do eHealth, aproveite mais dicas aqui no nosso Blog.

Esse registro foi postado em Dicas.
Comentários
Whatsapp