Corrida do Milhão e Aguaboa

A Corrida do Milhão trouxe todos os ingredientes para uma prova emocionante neste domingo (5) em Goiânia. Muitas ultrapassagens, acidentes e estratégias de box diferenciadas prenderam a atenção do público presente ao Autódromo Ayrton Senna. O paranaense e piloto Aguaboa Gabriel Casagrande foi um dos que chamou a atenção da torcida. Partindo da 27ª posição, ele optou por uma estratégia de pit diferente dos demais e chegou a ganhar 20 posições em relação a sua posição original de largada. Mas o problema da falta de velocidade nas retas cobrou seu preço no final da etapa e Gabriel terminou na 15ª posição.

“Saindo lá de trás, tínhamos que tentar algo diferente e optamos em fazer o reabastecimento na primeira parada, perdendo menos tempo no box. Deu certo, viemos para o pelotão dianteiro e permaneci entre os dez primeiros até a parada para a troca de pneus nos minutos finais da corrida, aí caímos um pouco na classificação, ficando com a 15ª posição na bandeirada”, contou Casagrande, que sofreu com a falta de desempenho de seu carro nas retas do circuito goiano.

A prova contou com vários acidentes e um deles deu um susto no piloto da equipe Júpiter Baterias/Vogel Motorsport. Um pedaço de ferro perfurou o espelho retrovisor como uma faca e ficou preso no carro até o fim da etapa. Felizmente o destroço não entrou no cockpit e Casagrande terminou a etapa sem maiores problemas.

A vitória ficou com Rubens Barrichello, a segunda do ex-piloto da F1 na Corrida do Milhão, enquanto que Daniel Serra manteve a liderança do campeonato, com Casagrande mantendo a 12ª posição na tabela de pontos. A próxima etapa da Stock Car será daqui 15 dias em Campo Grande/MS.

Resultado:

1º Rubens Barrichello, 39 voltas em 41min24s444

2º Max Wilson, a 0s684

3º Antonio Felix da Costa, a 1s250

4º Felipe Fraga, a 4s791

5º Marcos Gomes, a 7s333

6º Ricardo Zonta, a 9s654

7º Allam Khodair, 10s703

8º Daniel Serra, 15s700

9º Guga Lima, a 17s707

10º Bia Figueiredo, a 17s911

 

Classificação do campeonato

1º Daniel Serra, 163 pontos

2º Marcos Gomes, 127

3º Max Wilson, 120

4º Rubens Barrichello, 115

5º Felipe Fraga, 113

6º Júlio Campos, 89

7º Cacá Bueno, 80

8º Lucas Di Grassi, 68

9º Ricardo Zonta, 68

10º Átila Abreu, 65

11º Thiago Camilo, 53

12º Gabriel Casagrande, 50 pontos

 

Aguaboa – Hidratando Campeões. Acesse nossas redes sociais e confira todas as novidades | @aguaboaoficial

Comentários