Stock Car Brasil – Aguaboa em Interlagos

Stock Car Brasil – Aguaboa em Interlagos

A temporada 2018 da Stock Car Brasil não começou do jeito que Gabriel Casagrande queria. Na Corrida de Duplas da Stock Car realizada neste sábado (10/03) no Autódromo de Interlagos em São Paulo, o piloto Aguaboa abandonou a disputa na 13ª volta em virtude de uma falha na homocinética do carro.

A prova em Interlagos teve um início conturbado em função da chuva que caiu quando os carros já estavam na volta de apresentação. Com a largada adiada para o ajuste das máquinas para piso molhado, o Safety Car foi acionado e a bandeira verde agitada com os carros largando em fila indiana. Isso não impediu alguns toques e rodadas, como o que se viu nas primeiras posições e que envolveu Augusto Farfus, que dividia o carro com Lucas Di Grassi. Casagrande também foi vítima da confusão do início debaixo de chuva e perdeu várias posições e função de um toque de um adversário.

Gabriel já sentia um problema na homocinética desde a bandeira verde, e apesar de recuperar várias posições, deixou a prova na 13ª volta com a falha definitiva neste componente. “A homocinética quebrou ainda na volta de apresentação e para ajudar levei um toque que me jogou pro fim do grid. O carro estava bem difícil de pilotar, mas mesmo assim o ritmo era bom na pista molhada só que a homocinética quebrou de vez e tive de abandonar”, lamentou Casagrande.

Já a Squadra G-Force / Aguaboa, mais novo time na maior categoria do país, escreveu seu primeiro capítulo de uma história que está só começando. Para o chefe da equipe, Guilherme Ferro, apesar dos carros não terem entrado na zona de pontuação foi um bom começo de trabalho, superando as expectativas mesmo com alguns problemas nos treinos livres de sexta-feira.

“Os dois carros terem feito todos os treinos e terminado a corrida é uma meta mais do que satisfatória. Foi uma pena no começo o Fabio Carbone ter entrado para box para substituir o para-brisa que embaçou, com isso perdemos tempo, mas depois com pneu seco vimos que estamos competitivos. Agora é baixar poeira, organizar toda a estrutura e partir para a próxima”, analisou Ferro.

O Piloto Aguaboa Sérgio Jimenez, acredita em um bom começo, mas salienta que é só o primeiro passo e que tem muito trabalho pela frente. “Esperávamos mais, mas a prova teve de tudo: molhado, seco, muita chuva. Terminamos com os carros inteiros e agora é hora de analisar os dados e buscarmos uma evolução ainda maior”, finalizou o piloto Jimenez.

A prova da Stock Car Brasil teve a vitória do atual campeão Daniel Serra, que formou dupla com o brasileiro João Paulo Oliveira, piloto brasileiro que disputa a Super GT, no Japão. A segunda etapa da Stock Car acontece no dia 08 de abril, em Curitiba (PR) e estaremos presentes.

Aguaboa – Hidratando Campeões.

Solicite ao seu revendedor mais próximo, e sinta a diferença.

Comentários